BLOG POST 02_7 mitos sobre a economia de energia

Atualmente se discute qual a melhor forma de diminuir gastos com a conta de luz no final do mês, mas são medidas simples do nosso dia a dia que fazem toda a diferença.

Confira a seguir neste artigo, 7 mitos sobre economia de energia:

1. O chuveiro é o aparelho que mais consome energia na casa

Esse aparelho realmente consome mais luz quando está ligado, porém ao compararmos com outros eletrodomésticos como a geladeira essa regra não pode ser aplicada. Para alguns especialistas é a geladeira o aparelho que mais consome.

No final do mês o chuveiro não é o vilão sozinho. Dependendo do modelo da sua geladeira, se for mais antigo pode representar 22% da sua conta de luz de acordo com a Eletrobrás. Alguns estudos apontam que essa porcentagem pode chegar a 30% o que após 30 dias de consumo pode representar mais de R$50,00.

 

2. Abrir a geladeira várias vezes ao dia gasta mais energia?

Em geral o grande problema não é a quantidade, mas sim o tempo em que a geladeira fica com a porta aberta. Quando abrimos a porta do aparelho ocorre uma troca de ar entre o ar frio no interior e o ar quente externo.

Ao deixar a porta da geladeira aberta por muito tempo, ela precisa trabalhar mais para manter a temperatura ideal programada. É por essa razão que o aparelho gasta mais energia. Claro que aberturas desnecessárias podem contribuir para o aumento do consumo.

Outro ponto que devemos ter atenção é a obstrução das saídas de ar do aparelho e não colocar alimentos muito próximos para garantir a melhor circulação do ar. Essa medida simples pode evitar danos e economizar energia. Verificar a vedação das borrachas do aparelho também pode diminuir gastos com a luz no final do mês.

3. O ar condicionado é o grande vilão no consumo de energia

Os modelos mais novos são mais econômicos, mas os antigos podem ser considerados um dos vilões na conta de luz. De acordo com a Proteste trocar o ar condicionado velho e a geladeira pode proporcionar uma redução nos gastos de até 67%.

Outra dica importante vale para a compra ou troca do ar condicionado, faça os cálculos para saber qual a potência ideal para o seu espaço. Um exemplo que podemos citar é:

Comprar um equipamento de 7 mil BTUS para um ambiente que o recomendado é 9 mil pode gerar mais gastos do que economia no bolso. O aparelho terá que funcionar na capacidade máxima e não proporcionará tanta redução de custos mesmo sendo certificado pelo Inmetro.

Os modelos mais recentes de ar condicionado possuem dispositivos que diminuem a rotação do motor e gera maior economia ao chegar na temperatura desejada.

Outra dica é manter o filtro do seu aparelho limpo e realizar manutenções periódicas, já que a sujeira acumulada pode aumentar os gastos do aparelho.

 

4. Aparelhos em stand-by não gastam energia

Essa afirmação infelizmente é um mito, de acordo com especialistas deixar os plugs de aparelhos como a TV, Blue Ray ou DVD na tomada em stand-by gasta energia. O Inmetro afirma que cada eletrodoméstico ligado no modo stand-by pode proporcionar um aumento de cerca de R$2,00 ao mês na conta de luz.

O Instituto Akatu comenta que utilizar todos os aparelhos em stand-by pode gerar um aumento de 12% na conta de luz. Segundo Wagner Carvalho, desligar os aparelhos quando não estão sendo utilizados pode gerar até R$ 142 de economia por ano.

O mais indicado é tirar todos os dias os plugs da tomada para gerar uma economia significativa ao longo do ano. Uma dica para facilitar o dia a dia é conectar os aparelhos em filtro de linha que possibilite acionar um botão de on/off.

 

5. Usar T não prejudica o consumo de energia dos eletrodomésticos e não causa danos

O uso de Ts ou também chamados de Benjamins para adaptar aparelhos não é prejudicial em si, porém ao utilizar muitos aparelhos ligados na mesma tomada, isso pode ocasionar uma sobrecarga no sistema elétrico.

Sobrecarregar a parte elétrica de uma casa, prédio ou sala comercial pode gerar incêndios causando danos graves a estrutura do local e até ferimentos. Por isso, ao ligar aparelhos em um T tenha cuidado!

O ideal recomendado é não utilizar aparelhos com alta potência na mesma tomada como ferro de passar e aspirador de pó, por exemplo. Além disso, alguns especialistas orientam a calcular a carga que o T suporta e fazer quantos amperes os seus eletrodomésticos consomem.

 

6. Fluorescentes são as mais econômicas que as incandescentes? E as de Led?

As lâmpadas fluorescentes são mais econômicas e eficientes que as incandescentes e apesar do preço ser maior. Mas a preocupação com o uso das fluorescentes é o descarte e a emissão de gases como o mercúrio e chumbo.

Essas lâmpadas ao serem quebradas liberam gases que prejudicam o meio ambiente e podem causar problemas de saúde aos humanos. Já as lâmpadas de Led estão sendo cada vez mais utilizadas, mas você sabe o porquê?

As lâmpadas de Led chegam a ser 60% mais econômicas ao comparadas com as florescentes e até 90% em relação as incandescentes. Outro fator é a durabilidade, essa tecnologia pode ser usada por até 25 mil horas e uma fluorescente dura em torno de 8 mil horas.

A eficiência das lâmpadas de Led pode chegar a 98% já que o calor que ela produz é dissipado e o consumo de energia, revertido em luminosidade. A Durabilidade associada a eficiência tornam a Led mais econômica que as outras.

Uma das desvantagens das lâmpadas de Led é o custo comparado com as fluorescentes e incandescentes, porém o custo benefício faz valer a pena o investimento.

 

7. A energia solar é muito cara

Um mito que muitas pessoas têm é achar que a energia solar tem um custo elevado. O sistema fotovoltaico está se tornando cada vez mais em conta, além disso existem diversas potenciais diferentes que se adaptam ao seu consumo.

Você não precisa comprar um kit fotovoltaico com uma potência maior do que você gasta com energia elétrica. O mais indicado é você entrar em contato com uma empresa especializada e fazer um orçamento. Somente após a análise do seu consumo e incidência solar, um técnico apontará qual é o melhor kit para a sua residência.

Outro ponto importante é que ao utilizar a energia solar você contribui para o meio ambiente e ainda valoriza o seu imóvel. É isso mesmo! Uma pesquisa do Laboratório Nacional de Lawrence Berkeley nos EUA apontou que sistemas solares podem valorizar de 3% a 6% uma casa ou empresa.

Agora que você já descobriu quais são os mitos e verdades sobre economia, confira 5 curiosidades sobre a energia solar. Neste artigo você vai conhecer projetos ao redor do mundo que falam sobre a energia fotovoltaica e obras de se admirar!

E ainda acesse esse artigo e descubra 4 benefícios que só quem utiliza energia solar tem!

Entre em contato com a Renovigi abaixo e tire suas dúvidas!


Leave a Comment

Your email address will not be published.